1º Fórum Anual do Cacau discute produção sustentável com presença da IDH

5 Sep 2018 No último dia 21, a IDH – Iniciativa para o Comércio Sustentável participou do 1º Fórum Anual do Cacau realizado no auditório do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em Brasília. No evento foram discutidas ações para promover a sustentabilidade, promoção e produtividade do Cacau.

Os painéis do encontro abordaram os gargalos para aumento de qualidade, custos, produtividade além dos desafios e oportunidades da cadeia produtiva.

“Foi um sucesso! Muitos atores relevantes do setor discutindo um plano de crescimento sustentável para todo o setor de cacau e chocolate. Temos uma oportunidade única de plantar agroflorestas de cacau, gerando alta renda ao produtor, recuperar áreas degradadas e bilhões de divisas ao país. O mundo está de olho no Brasil, o momento é agora”, afirma o Diretor Executivo da AIPC – Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau, Eduardo Bastos.

O fórum foi organizado pelo World Cocoa Foundation (Fundação Mundial do Cacau), organização nacional sem fins lucrativos, que promove a sustentabilidade do cacau.

“A IDH trabalha há muitos anos para a construção de soluções e parcerias para a produção sustentável de cacau. Sempre atuamos em países africanos e em algumas regiões da Ásia. Com a experiência que temos acumulada, entendemos que podemos apoiar o setor no Brasil no desenvolvimento de modelos de produção sustentável”, afirma a Diretora Executiva da IDH no Brasil, Daniela Mariuzzo.

Fornecimento sustentável de cacau

A IDH atua no setor de cacau através de programas e iniciativas que visam melhorar os meios de subsistência de produtores de cacau, acompanhando a demanda global por produtos sustentáveis.

Os programas são focados em três áreas de inovação:

Produtividade – através da capacitação do agricultor por meio de iniciativas de formação relevantes e acessíveis que melhorem a eficiência e o acesso ao crédito;

Comunidade – empoderamento de gênero e controle da desnutrição em comunidades de cacau;

Meio ambiente – uso sustentável da terra e desmatamento líquido zero na região.

More news

More news

Sorry

Your browser is too old to optimally experience this website. Upgrade your browser to improve your experience.