Global Coffee Platform aproxima atores da cadeia de café no Brasil

A atuação da Global Coffee Platform é focada em buscar maior produtividade, aumento da rentabilidade e a inclusão do produtor, especialmente o pequeno, no mercado nacional e internacional. A iniciativa se fortalece cada vez mais no Brasil e avança através de parcerias estratégicas com os setores público e privado.

“A GCP acredita que a cooperação entre os diferentes elos da cadeia produtiva do café pode render benefícios comuns para desenvolvimento de todo o setor. Cooperativas, exportadoras, associações, além de entidades do setor público e privado apoiam e patrocinam o desenvolvimento deste projeto no Brasil. É importante notar o alcance destas parcerias cujo escopo e diversidade são únicos na cadeia produtiva do café no Brasil e que por si só demonstram a importância da sustentabilidade para o agronegócio e também falam alto sobre a aceitação do Programa pelos produtores”, destaca Pedro Ronca, da P&A Marketing, empresa especializada em soluções estratégicas em agronegócios que é responsável pelo secretariado da Plataforma Brasileira e coordenação do Programa Brasil.

Em 2018, a GCP vai atuar no lançamento e disseminação da utilização do Aplicativo do Currículo de Sustentabilidade do Café (CSC); implantação do Sistema Interno de Gestão (SIG) de sustentabilidade; no Programa Produtor informado, em parceria com o CeCafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil), para treinar produtores em TI e sustentabilidade; implantação do Modelo de Assistência Técnica Coletiva, em parceria com a Fundação Neumann, EMATER-RO, CAFESUL e CATI, além de dar continuidade nos programas de treinamento.

Dentre as 122 práticas do Currículo de Sustentabilidade do Café (CSC), o Programa Brasil da GCP definiu 18 itens fundamentais que são os temas mais importantes para o produtor melhorar a gestão de sua propriedade e 35 Indicadores para avaliar a sustentabilidade do cafeicultor.

“O aplicativo e os indicadores vão permitir avaliar a sustentabilidade de produtores e a congregação desta informação possibilitará a comparação entre regiões e identificação de casos de sucesso e pontos de melhoria. O aplicativo fornece 25 relatórios analíticos e comparativos para apoiar a melhoria contínua, com a grande vantagem de posicionar produtores e regiões em relação a outros e à média do Brasil, por exemplo”, explica Ronca.

Sorry

Your browser is too old to optimally experience this website. Upgrade your browser to improve your experience.